eleicoes eletronicas, Auditoria Eleicoes Eletronicas na Internet, Urnas Eletronicas TSE
Eleicao Eletrônica na Internet, Auditoria Eleicoes Eletronicas na Internet, Urnas Eletronicas TSE
Auditoria Eleicoes Eletronicas na Internet, Urnas Eletronicas TSE Eleicao na Internet
               
Homepage Eleicao na Internet Auditoria Eleicoes Eletronicas na Internet, Urnas Eletronicas TSE Serviços Eleicão Eletrônica na Internet Auditoria Eleicoes Eletronicas na Internet, Urnas Eletronicas TSE Clientes Auditoria Eleicoes Eletronicas na Internet, Urnas Eletronicas TSE Empresa Auditoria Eleicoes Eletronicas na Internet, Urnas Eletronicas TSE Contate-nos

 

 

Eleicoes na Internet

Auditoria de Eleicoes Eletronicas.

Série de Artigos sobre Auditoria de Eleicoes Eletronicas.

 

 

SÓ O TSE NÃO ERRA? – ELEIÇÕES DE ELETRÔNICAS NA INTERNET – Pelo Auditor de Eleições da THE PERFECT LINK – Fernando De Pinho Barreira

 

As eleições diretas, em qualquer esfera – seja para o Conselho de um Clube de Sócios ou a eleição majoritária para Presidente da República – são a mais perfeita

expressão democrática.

As eleições presumem, portanto, para atingir a esse fim: expressar a vontade de todos, algumas premissas fundamentais:

1 – Liberdade de manifestação do voto ou de abstenção. Por isso não faz sentido a obrigatoriedade e a sanção contra quem deseja se abster. Obrigar o cidadão a ir anular a votação ou votar esdruxulamente

porque ele não têm apreço pelo processo eleitoral, além de não proveitoso, é um contrassenso;

2 – Facilidade de acesso – a manifestação do voto não pode implicar um sacrifício físico ou econômico, sob pena de não ser universal, observadas as regras;

3 – O processo deve ser confiável e, portanto, passível de auditoria.

Sobre este último ponto, convém esclarecer, haja visto o calor do resultado da última eleição presidencial, não se trata de recurso para eventuais inconformados

com o resultado do pleito, mas sim como a reafirmação do resultado, salvo qualquer interferência, o que, normalmente, não é provável.

A auditoria, em qualquer eleição eletrônica de autarquias, promoção, concursos promovidos com o aval da Caixa Econômica Federal, são exigíveis, sob pena de não ser autorizada a execução do evento em questão.

Com o pleito analógico, podiam os fiscais acompanhar a apuração, voto à foto, tarefa que, embora penosa e ultrapassada, garantia a melhor expressão da conferência empírica.

Nas eleições eletrônicas que utilizam urnas eletrônicas do TSE, perdeu-se essa possibilidade (possibilidade esta que não beneficia a nenhum dos concorrentes, desde logo afirma-se)

.

Surge, porém a possibilidade de todos os interessados munirem-se de assistentes técnicos para fiscalizarem a eleição depois de sua realização.

Havendo o andamento perfeito do pleito, nada há de observar a auditoria das eleições exceto eventuais pareceres sugestivos que podem vir a incrementar as

providências de organização do pleito pelo TSE.

Caso venham a ser encontrados erros, que este auditor acredita que, em os havendo, seriam pontuais e não deliberados, ter-se-ia prestado um servido à democracia e, em última instância, ao TSE, com o aperfeiçoamento do processo.

Após muitos anos na atividade de auditoria de eventos na Internet, sobretudo de eleições eletrônicas na Internet, o que nos parece desnecessário é firmar-se uma bandeira paradigmática de que o Processo Eleitoral Brasileiro é um dogma de confiabilidade de per si.

Há algum tempo, após a divulgação pela Microsoft de uma atualização obrigatória com erro (que veio a causar o reinício sucessivo dos computadores com sistema Windows),

publicamos um artigo neste blog intitulado “Quando a Microsoft Erra…”, onde discorríamos sobre a falibilidade dos maiores produtores de software.

Recentemente, novamente, uma atualização de sistema da Apple veio a causar diversos problemas aos usuários de IPhones. Diante disso, perguntamo-nos: só o TSE não erra?

É auditar-se. Sempre.

Fernando De Pinho Barreira é Analista de Sistemas, Auditor e Bacharel em Direito.

CEO de THE PERFECT LINK, empresa especializada em auditoria de eleições eletrônicas e perícia em crimes na Internet.

A empresa realiza auditoria em eleições eletrônicas desde 2008, sendo líder no setor.

"

 

contato@theperfectlink.com.br
 
São Paulo          +5511 3663-6060
São Paulo          +5511 3663-2929
São Paulo          +5511 98540-0660
 
 
Auditoria de Telecomunicacoes
 
Copyright (c) 2015 The Perfect Link Inc. All rights reserved.